quinta-feira, 22 de maio de 2008

Madura cria




Madura cria

que dizer, da inútil tentativa de querermos acertar sempre?
são nos dadas escolhas inúmeras, como se fosse fácil receber muitas.
por mais que o Norte tenha parecido Sul, distante e sem sentido.
colhemos sem levar em conta os criadores de nossa safra de mundos.
fartura de sensações transcendentais. 
que dizer, das tentativas frustradas? que não foram, 
pelo simples fato de não terem existido.
que dizer, se tivéssemos asas?
e nossas pegadas já não tivessem mais tanta importância.
que dizer de dois pontos opostos?e que mesmo assim 
os sonhos são cortados por corpos celestes.

os nós da véspera talvez nos façam crer em estrelas

Nenhum comentário:

Postar um comentário

"Mais uma dose! É claro que eu tô afim!" Obrigado por visitar a bodega online. Abraços!